domingo, 9 de abril de 2017

O corpo pode suportar muitas dores, mas a alma não.
A vida é capaz de acalentar seu coração, mas massacrar seus sonhos.
Sorrisos podem disfarçar o que se sente, mas só a mente sabe o que se passa.
Quão bom seria que nesse teatro chamado vida, as vezes pudéssemos fechar as cortinas e sair de cena. Mas nem isso podemos.
Estamos fadados... fadados ao fracasso, a esboços de felicidade pra viver nessa sociedade que muito espera e pouco oferece.

Ah o dia! O dia que o fim deste "livro" chegar, vou é vibrar, pois depois de tantas páginas de tormento, e falsidade alheia, enfim poderei repousar no leito do pai.
 Prof. Douglas Oliveira 

Nenhum comentário: